Eleições on-line: Comissão Eleitoral publicará resolução com detalhes sobre atualização cadastral dos profissionais

A Comissão Eleitoral (C.E) da Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF) se reuniu ontem (4/10), pela primeira vez, após ter sido constituída, em decorrência da publicação do edital das eleições no dia 28/09/2021.

A Comissão estabeleceu que a atualização cadastral de advogadas e de advogados que votarão nas primeiras eleições on-line do sistema OAB deverá ser feita, exclusivamente, pelo site www.eleicoesoabdf.org.br, que é gerido pela empresa de votação que realizará o certame. Uma resolução da C.E, que será publicada nesta semana, trará os detalhes.

O cadastro dos advogados teve sua alteração no sistema da OAB-DF vedada pelo edital de votação, no artigo 10.1, para dar a garantia à advocacia de que não haveria nenhum tipo de alteração indevida.

Segundo a Comissão Eleitoral, a decisão traz transparência e segurança a todos, pois cada profissional inscrito na OAB/DF poderá acessar e conferir seu cadastro e, se necessário, atualizará dados, usando o certificado digital ou biometria facial.

A Comissão Eleitoral é responsável pela realização das eleições, competindo-lhe exercer funções de gestão e julgamento, em “primeira instância”, segundo edital publicado pela OAB/DF e que você poderá ler mais a respeito em reportagem completa aqui.

A Comissão Eleitoral trabalha para manter a advocacia informada dos trabalhos e de ações que serão adotadas em respeito aos princípios constitucionais da transparência e moralidade e atendendo ao Estatuto da Advocacia e da OAB, o Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB, o Provimento n. 146/2011 – CFOAB e o Regimento Interno da OAB/DF.

Além da OAB/DF, também, realizarão eleições on-line as seccionais de Santa Catarina (OAB/SC); do Rio Grande do Sul (OAB/RS); do Maranhão (OAB/MA) e do Paraná (OAB/PR). Todas as seccionais contrataram as mesmas empresas e profissionais para a realização da eleição. A plataforma de votação será fornecida pela empresa Webvoto, que tem comprovada experiência em realizar votações on-line para conselhos profissionais, associações, sindicatos e empresas privadas. A auditoria externa contratada será feita pela empresa The Perfect Link. E as seccionais estão recebendo consultoria técnica da empresa do ex-diretor de TI do TSE Giuseppe Pianino.

Comunicação OAB/DF

Deixe um comentário